8 Razões Para Evitar Adoçantes Artificiais Em Sua Dieta Para Emagrecer

Tempo de leitura: 12 minutos

O peso, sempre ele… Se você precisa emagrecer já deve ter ouvido falar sobre os adoçantes artificiais.

Pessoas de todos os tipos lutam contra a balança, aquelas que precisam e as que não precisam, as que têm problemas de saúde e as que têm problemas com a estética.

Com isso, os mercados estão cheios de adoçantes artificiais, mas você sabe alguma coisa sobre eles?

Atualmente fica até difícil saber o que consumir, pois há produtos diet, light, baixa calorias, etc…

E aí? Qual escolher? Você sabe o que é melhor ou pega qualquer um desses pensando que vai te ajudar a emagrecer?

Todos esses produtos são diferentes e cada um deles pode ser usado para um tipo de “problema”.

Se você acompanha meu Blog já sabe que para emagrecer você não precisa de produtos diet ou light.

O que você precisa fazer para emagrecer é comer “comida de verdade”, uma alimentação rica em alimentos naturais é a solução.

Mas, este não é o tema deste artigo, hoje você vai aprender sobre adoçantes artificiais e se adoçante artificial faz mal a saúde.

Pesquisando sobre o assunto encontrei algumas informações importantes e cabe a você decidir se vai utilizar ou não estes adoçantes.

Tenha em mente que só trocar o açúcar por adoçantes artificiais e não corrigir sua alimentação não vai te ajudar em nada no emagrecimento.

Se quiser saber mais sobre comida de verdade e alimentação fit e saudável de uma conferida na categoria “Alimentação Fit e Saudável”.

Agora vamos lá…

Adoçantes Artificiais Fazem Mal à Saúde?

Adoçantes Artificiais Fazem Mal à Saúde
Adoçantes Artificiais Fazem Mal à Saúde?

Um estudo atual publicado no jornal Trends in Endocrinology and Metabolism revelou que parte dos adoçantes artificiais podem nos fazer mal sim.

Eles podem aumentar consideravelmente o desejo pelo açúcar quando age sobre os hormônios.

O que contribui para o risco de obesidade, além de outras complicações, como diabetes e problemas cardíacos.

Sendo assim, o adoçante artificial além de não cumprir com a promessa de evitar o ganho de peso, ele ainda pode trazer gordurinhas a mais.

Então se você for consumir adoçantes artificiais utilize-os com cautela e sem exageros.

Eu defendo uma alimentação com alimentos mais naturais e como estes adoçantes não são naturais acho melhor evitá-los.

Para você ter sucesso no seu processo de emagrecimento um ponto importante é você sair do vício por alimentos doces.

Esse vício só te faz comer mais e mais, e você nunca fica saciado.

A solução se você não consegue ficar sem o gosto doce é utilizar adoçantes naturais como Stevia, Xilitol ou Eritritol (Wikipédia).

Eu utilizo Stevia com Eritritol há mais de um ano, só utilizo para adoçar meu café e a pasta de amendoim integral, e acho o gosto muito bom.

Quais Adoçantes Não Fazem Mal a Saúde?

Quais Adoçantes Não Fazem Mal a Saúde
Quais Adoçantes Não Fazem Mal a Saúde

A Food and Drug Administration (FDA), órgão responsável por regulamentar drogas e alimentos nos Estados Unidos, aprova a comercialização de cinco adoçantes artificiais:

  • O aspartame;
  • O neotame;
  • A sacarina,
  • A sucralose;
  • Acesulfame de potássio.

Esses adoçantes foram submetidos a estudos e comprovaram de que são seguros para o consumo pelo público.

Se forem utilizados com moderação e junto a uma alimentação saudável.

Mas, volto a repetir apesar destes estudos, estes adoçantes são artificiais.

E como são artificiais, como eles podem ser metabolizados corretamento pelo nosso corpo?

Será que em longo prazo estas substâncias podem nos fazer mal?

Bom eu não sei te dizer porque ainda não existe estudos que comprovam isso.

Cabe a você decidir se vai utilizar estes adoçantes ou não.

Acesulfame De Potássio:

Acesulfame De Potássio é Adoçante Artificial
Acesulfame De Potássio

O acesulfame de potássio é um adoçante não nutritivo produzido a partir de um ácido da família do ácido acético.

Ele foi descoberto em 1967 e é um adoçante ainda pouco conhecido, mas está presente em uma grande variedade de produtos comercializados.

Alguns ingredientes que compõem esse adoçante artificial geram preocupação.

O fato é que nenhum estudo comprovou que o acesulfame de potássio possa realmente ser prejudicial à saúde de quem consome.

O recomendado é consumir apenas 15 mg por quilo ao dia, ou seja, se você pesa 65 quilos, recomenda-se não consumir mais do que 975 mg.

Uma quantidade muito baixa, não concorda?

Para você ter uma ideia um saquinho de adoçante possui aproximadamente esta quantidade.

Está gostando do artigo? Que tal baixar gratuitamente o Ebook "20 Receitas Fitness Para Ganhar Massa e Derreter Gorduras!" Então Clique Aqui.

Eu duvido que pessoas que consomem este adoçante só utilizem um saquinho por dia.

Acho melhor evitar!

Aspartame:

Aspartame é Adoçante Artificial
Aspartame

Esse adoçante artificial foi descoberto em 1965.

Ele é uma combinação química resultante de dois aminoácidos: o ácido aspártico e a fenilalanina.

Na realidade a descoberta veio através de uma pesquisa para o tratamento de úlcera.

Ao aquecer um composto, notou-se que a substância que espirrava para fora do frasco tinha sabor adocicado.

“A descoberta deste adoçante foi acidental então rs, bom sem comentários né rs.”

O aspartame quando consumido dentro da quantidade máxima diária, não apresenta risco para a saúde.

No entanto, se utilizado em excesso pode fazer mal à saúde.

O recomendado é consumir, no máximo, 50 mg por quilo da substância ao dia.

Uma pessoa de 65 quilos poderia, nesse caso, consumir 3,25 gramas de aspartame diariamente.

Sucralose:

Sucralose
Sucralose

A sucralose foi descoberta no ano de 1976.

Ela é uma molécula modificada da sacarose.

Essa substância chega a ser 600 vezes mais doce do que o açúcar, mas mesmo assim não possui valor calórico.

Ela é encontrada em diversos produtos, principalmente nos “diet”.

Recomenda-se consumir somente até 15 mg por quilo da substância ao dia, como no caso do acesulfame de potássio.

Como você já sabe é uma quantidade bastante pequena, então também acho melhor evitar!

Sacarina:

Sacarina é Adoçante Artificial
Sacarina

A sacarina foi descoberta no ano de 1879, é um adoçante artificial também conhecido pelo nome de “xarope de amido”.

Essa substância é cerca de 300 vezes mais doce do que o açúcar.

O problema é que ela tem um sabor metálico, e na maioria das vezes, é misturada a outros compostos para disfarçar seu sabor.

Isso é péssimo para a nossa saúde.

Por ser um dos adoçantes mais em conta disponível no mercado, a substância é muito consumida.

O limite de consumo de sacarina é de 5 mg por quilo, ao dia.

Uma quantidade ainda menor que os outros, será que você precisa deste adoçante?

Neotame:

Neotame é Adoçante Artificial
Neotame

O neotame é um dos adoçantes artificiais mais potentes que existe hoje.

Ele pode chegar a ser mais doce do que o açúcar em até 8 mil vezes.

Dos adoçantes no mercado, ele é o mais novo e foi produzido pela Companhia Monsanto.

Uma empresa multinacional de agricultura e biotecnologia que tem sede nos Estados Unidos.

Sua estrutura química é muito parecida com a do aspartame, daí o nome da substância: “neo”, de novo, e “tame”, de aspartame.

No caso, o produto seria um novo aspartame, muito mais potente.

Mesmo problema do aspartame se não for consumido moderadamente.

Stevia:

Stevia Não Faz Mal a Saúde e é Um é Adoçante Natural
Stevia Não Faz Mal a Saúde

Saindo um pouco dos adoçantes artificiais, vou falar um pouco sobre Stevia.

Isso porque é o adoçante que eu utilizo, é natural e não vai te fazer mal algum.

A stevia é uma planta, nativa do Brasil e do Paraguai, que há séculos vem sendo utilizada para fins medicinais.

Assim como os adoçantes artificiais, a stevia não possui calorias e chega a ser mais doce do que o açúcar em 300 vezes.

O problema apresentado é deixar na boca um leve sabor de anis, o que alguns consumidores não gostam.

Por isso muitos fabricantes a misturam com outros adoçantes naturais como o eritritol.

Eu utilizo stevia com eritritol para adoçar meu café e às vezes para adoçar a pasta de amendoim integral.

Fica bem doce, já utilizo este adoçante natural faz mais de um ano e não sinto falta do açúcar.

8 Razões Para Evitar Os Adoçantes Artificiais Em Sua Dieta:

8 Razões Para Evitar Os Adoçantes Artificiais Em Sua Dieta e As Consequências Do Uso De Adoçantes Artificiais
8 Razões Para Evitar Os Adoçantes Artificiais Em Sua Dieta

1. Não São Nutritivos

Alguns não contém calorias, como a sacarina, acesulfame de potássio, sucralose, neotame, alitame, neohesperidina, e ciclamato.

2. Não Garantem Redução De calorias

Substituir o açúcar por edulcorantes não necessariamente garante redução de calorias.

Pois alguns produtos aumentam a quantidade de outros ingredientes na sua formulação, como os chocolates dietéticos.

Por isso leia os rótulos dos produtos.

3. Risco Para a Gestação

Estudos realizados pela Food and Drug Administration dos Estados Unidos (FDA), confirmam que o consumo excessivo de edulcorantes como qualquer outra droga possui um risco potencial na gravidez.

A sucralose e stevia são os mais indicados para adoçar bebidas e serem usados em preparações por grávidas e crianças.

4. Contra Indicações Do Aspartame

O aspartame é composto por uma substância denominada fenilalanina.

E ela possui algumas contra indicações para os portadores de fenilcetonúria (doença provocada pela ausência da enzima L-fenialalanina hidroxilase que degrada a fenilalanina).

Essas pessoas devem suspender alimentos ricos em fenilalanina e aspartame.

5. Engorda

Os adoçantes que têm zero ou poucas calorias, quando consumidos de forma constante interferem na regulação natural da fome.

Ao ingerirmos adoçantes artificiais, nosso corpo se prepara para receber um doce, mas ele não vem.

Isso provoca alterações na saciedade e faz com que comamos mais, ou seja, acabamos engordando, por conta disso.

6. Adoçante Provoca Gases

Na fabricação dos adoçantes são utilizadas substâncias que podem provocar desconforto gastrointestinal e com isso formação de gases.

Mas não é uma regra, podendo aparecer em algumas pessoas e em outras não.

7. Risco a Pressão Alta

Quem tem pressão alta ou insuficiência renal deve verificar as taxas de sódio de cada marca.

Alguns o trazem na composição, especialmente o ciclamato e a sacarina.

Estudos ainda não conclusivos relacionam o consumo de sacarina com o risco de câncer de bexiga.

Por isso, este tipo tem que ser evitado por pessoas com tendência à retenção de líquido.

Principalmente mulheres no período pré-menstrual.

8. Aspartame Causa Alergia

Estudos mostram que a ingestão de aspartame por indivíduos com sensibilidade ao formaldeído (presente neste tipo de adoçante), pode estar associada à dermatite de contato sistêmica.

Alguns casos apontam que pacientes com hábito de consumir alimentos com aspartame.

Como bebida gaseificada e doces em quantidades consideráveis.

Quando interrompem o consumo apresentam, depois de algumas semanas, a diminuição do quadro alérgico.

Resumindo o Que Você Precisa Saber Sobre Adoçantes Artificiais:

1. Adoçantes Artificiais Fazem Mal à Saúde?

2. Quais Adoçantes Não Fazem Mal a Saúde?

3. 8 Razões Para Evitar Os Adoçantes Artificiais Em Sua Dieta Para Emagrecer.

Referências:

Saiba Destas 2 Coisas Antes De Usar Adoçantes Artificiais Saiba Mais Aqui

O Que Você Precisa Saber Sobre Adoçantes (Naturais, Artificiais, Calóricos e Não Calóricos)

Adoçantes, Forme Sua Opinião a Respeito

Adoçantes Engordam Mais Do Que Açúcar!

Como Adoçantes Artificiais Interferem na Sua Flora, Fazendo Você Engordar Ou Ter Problemas de Saúde Saiba Mais Aqui

Conclusão:

Conclusão 8 Razões Para Evitar Adoçantes Artificiais Em Sua Dieta Para Emagrecer
Conclusão 8 Razões Para Evitar Adoçantes Artificiais Em Sua Dieta Para Emagrecer

Como você pode ver, há adoçantes artificiais que são melhores que outros.

Ainda não existe estudos comprovando que eles façam mal a nossa saúde.

Isso se eles forem consumidos com moderação e com a recomendação indicada.

Mas tenha em mente que eles são artificiais, e nem o meu e nem o seu corpo metabolizam estas substâncias corretamente, justamente por isso.

Se você está de dieta e precisa emagrecer de preferência aos adoçantes naturais como Stevia, Eritritol ou Xilitol.

Em breve vou escrever um artigo sobre estes adoçantes naturais, fique ligado!

Se ainda tiver dúvidas sobre adoçantes artificiais, deixe-as nos comentários logo abaixo que esclareço para você.

Confira mais informações sobre alimentação saudável AQUI e sobre como emagrecer AQUI.

Para me seguir nas Redes Sociais e só ir no Facebook AQUI, Instagram AQUI e YouTube AQUI.

Resumo
8 Razões Para Evitar Adoçantes Artificiais Em Sua Dieta Para Emagrecer
Nome do Artigo
8 Razões Para Evitar Adoçantes Artificiais Em Sua Dieta Para Emagrecer
Descrição
Se você já fez alguma dieta para emagrecer ou esta fazendo já deve conhecer adoçantes artificiais. Será que eles são bons como a indústria divulga por aí?
Autor
Organização
Logo
Avalie Este Artigo
[Total: 19 Média: 5]