Estudos Científicos De Nutrição: O Que São E Porque Devemos Saber

Tempo de leitura: 8 minutos

Em primeiro lugar hoje você vai aprender mais sobre estudos científicos de nutrição.

Pois, este artigo tem o objetivo de te apresentar estratégias excelentes para te proteger de informações erradas sobre a nutrição.

Assim você poderá usar ele para o seu bem estar e emagrecimento.

Portanto, continue lendo! E aprenda mais sobre nutrição cientifica.

Com toda a certeza, após essa leitura, você vai entender o poder dos estudos científicos de nutrição (Wikipédia).

Além disso, vai aprender a identificar que conversas advindas de “achismos” não levam a lugar algum.

Com toda a certeza você perceberá que esse texto será um pouco mais técnico que os textos de outros artigos aqui do meu blog.

Mas é por uma boa causa.

De fato, quando você acompanha um conteúdo, seja pela internet ou outro meio de comunicação, sempre surge a dúvida.

Isso é baseado em um estudo científico ou é um simples achismo?

Muitos estudos, quando são divulgados, são anunciados de forma extrapolada, com muitos dados fantasiosos.

Dessa forma, muitas pessoas acabam tomando decisões alimentares equivocadas e mudando negativamente o seu estilo de vida.

Portanto é sempre importante identificar o que realmente é verdade.

Pesquisando e lendo estudos e artigos científicos sobre nutrição.

Pois assim fica mais fácil identificar o que não passa de boato.

Estudos Científicos De Nutrição: Pirâmide De Hierarquia De Níveis De Evidência Científica:

Estudos Científicos De Nutrição Pirâmide De Hierarquia De Níveis De Evidência Científica
Estudos Científicos De Nutrição: Pirâmide De Hierarquia De Níveis De Evidência Científica

O primeiro ponto que vamos falar é sobre a pirâmide de hierarquia de níveis de evidência científica.

Na base, ou seja, o que tem menor nível de evidência são os estudos de caso e artigos publicados por especialistas.

Se você pensar bem, as manchetes sensacionalistas estariam abaixo desse nível.

Logo após da base, têm os estudos feitos em animais, estudos controlados em laboratório.

Após esse nível, tem os estudos transversais, logo depois, tem o controle estudo de caso-controle.

Depois, os estudos de coorte, e logo chegando no topo da pirâmide, os ensaios de controle randomizados.

Por fim, no topo da pirâmide, temos as metas análises e as revisões sistemáticas.

Então vou detalhar um pouco mais cada um dos estudos científicos de nutrição.

Para assim você saber mais sobre este assunto.

Estudos Científicos De Nutrição, Estudos Observacionais:

Estudos Científicos De Nutrição Estudos Observacionais
Estudos Científicos De Nutrição, Estudos Observacionais

Primeiramente esse tipo de estudo observa o que já acontece naturalmente no mundo, não se trata de uma intervenção.

Ele é uma simples observação, e muitos estudos assim, são feitos com base em questionários, perguntando coisas a outras pessoas, principalmente na área de nutrição.

Dentro dessa categoria, os estudos científicos de nutrição com maior valor são os estudos de coorte.

Isso quer dizer que nesses estudos, vai ser separado um grupo de pessoas que tem uma determinada característica e outro grupo que não tem essa característica.

E depois, serão observados os dois grupos, para saber se algumas dessas pessoas desenvolveram algum tipo de doença.

Mas, esses estudos não garantem causa e efeito, não se pode afirmar que um grupo adquiriu certa doença depois de um tempo apenas por essa observação.

O que pode é confirmar uma associação entre um hábito e um resultado.

Mas não podemos dizer com base nesses estudos a causa de tal doença.

Porque um estudo observacional não prova causa e efeito?

É simples entender, pois o próprio conceito dele define isso.

Um estudo desse tipo pega pessoas reais.

Por exemplo, pessoas que fumam e pessoas que não fumam, observando-as pelo mesmo período de tempo.

É claro que existem muitas outras coisas que vão diferenciar essas pessoas, não apenas o fato de fumar. Concorda?

Pois existem muitas outras variáveis que podem influenciar no resultado final.

Portanto não podemos dizer que a causa de um câncer no pulmão, é exclusivamente o cigarro.

Estudos observacionais são marcadores de tipos de pessoas.

Este tipo de estudo científico de nutrição é um marcador de pessoas.

Como, por exemplo, o fumante, pode ser um tipo de pessoa sedentária, uma pessoa que fuma outras substâncias ou uma pessoa que ingere muita bebida alcoólica.

Então, a doença poderia ser causada por qualquer um destes maus hábitos.

Ou por todos eles juntos.

Estudo Transversal:

Estudo Transversal
Estudo Transversal

Esse tipo de estudo, procura achar o que chamamos de prevalência.

Ou seja, indícios de associação entre características e uma doença em um subgrupo da sociedade.

Como, por exemplo, pegar uma amostra da cidade de São Paulo e dizer que 45% desse grupo são fumantes.

Esse tipo de estudo busca associações com outros grupos.

Como por exemplo, analisar se no grupo de fumantes, tem alguma associação com obesidade.

Estudo Caso-Controle:

Estudo Caso-Controle
Estudo Caso-Controle

Nesses estudos científicos de nutrição, primeiramente imagine um grupo que tem certa doença e tem um grupo controle que não tem uma doença em particular.

Depois, você faz uma análise retrospectiva do que aconteceu na vida dessas pessoas.

O ponto alto do estudo é observar o que o grupo controle fez de diferente do caso, e assim, identificar algumas variáveis ou indícios de associação.

Portanto, ele é o oposto do estudo de coorte.

Mas lembrando, esses estudos podem mostrar no máximo uma associação, nunca uma causa e efeito.

Estudos De Caso:

Estudos De Caso
Estudos De Caso

Esse é o estudo mais fraco entre os estudos observacionais, ele é um tipo de estudo que são observados casos pontuais.

Como, por exemplo, casos de algumas pessoas que tem certa doença e você analisa esse grupo.

Sem precisar acompanhar ou comparar com outras pessoas.

Ensaios Clínicos:

Ensaios Clínicos
Ensaios Clínicos

Os ensaios clínicos são a única forma que você pode provar de fato a causa e efeito.

Porque eles são intervenções clinicas.

Pois, nos ensaios clínicos, você pega um grupo de pessoas e separa ele em 2 subgrupos e randomiza essas pessoas.

Ou seja, as mistura.

Depois disso, você mantém características idênticas desses dois grupos, e muda apenas uma variável entre eles, depois você os acompanha em certo período de tempo.

Portanto, depois da análise, se você observar que um grupo apresentou uma mudança em relação ao outro.

Ai de fato você pode afirmar que essa variável foi a responsável por uma anomalia, por exemplo.

Meta Análises:

Meta Análises
Meta Análises

Enfim, chegamos nos níveis mais altos dos estudos científicos de nutrição.

A meta análise é quando se pega uma série de estudos e avaliam outros estudos semelhantes, para saber se existe uma tendência neles.

E essas revisões podem ser feitos em diversos tipos de estudos, tanto nos ensaios clínicos, quanto nos estudos observacionais também.

Mas, é claro que em estudos observacionais o nível é bem menor quando comparado aos ensaios clínicos randomizados.

Portanto, o ideal seria uma meta análise de ensaios clínicos randomizados.

Este artigo ficou bem resumido, pois é um assunto bem delicado.

Sobretudo, para saber mais leia estas referências também…

Referências:

Emagrecer De Vez

Low Carb Paleo

Lowcarb-paleo.com.br

Conclusão Estudos Científicos De Nutrição, O Que São E Porque Devemos Saber:

Conclusão Estudos Científicos De Nutrição O Que São E Porque Devemos Saber
Conclusão Estudos Científicos De Nutrição, O Que São E Porque Devemos Saber

Em conclusão, independente do estudo, não quer dizer se ele é bom ou ruim, pois é sempre bom investigar cada estudo em particular.

Portanto, esteja sempre atenta aos estudos científicos de nutrição e busque outras fontes confiáveis.

Principalmente de especialistas, antes de tomar qualquer decisão que possa prejudicar a sua saúde.

Aliás, toda vez que ver uma manchete sensacionalista falando sobre emagrecimento, bem estar, saúde e nutrição.

Procure as referências do artigo para verificar se elas são confiáveis.

Como, por exemplo, a próxima vez que você ver uma manchete falando que as carnes vermelham faz mal a nossa saúde.

Verifique se existe algum ensaio clinico randomizado sobre este assunto.

Portanto tenha bom senso e seja mais crítica na hora de ler artigos e notícias por aí.

Ademais, se ainda tiver dúvidas sobre estudos científicos de nutrição.

Faz assim deixe-as nos comentários aqui em baixo que ficarei muito feliz em te auxiliar a melhorar a sua saúde.

Sobretudo confira mais artigos sobre alimentação saudável AQUI e sobre emagrecimento saudável AQUI.

Gostou do texto? Marca uma amiga aqui!

Por fim para me seguir nas Redes Sociais e só ir ao Facebook AQUI, Instagram AQUI e YouTube AQUI.

Avalie Este Artigo
Avalie Este Artigo
[Total: 5 Média: 5]
Resumo
Estudos Científicos De Nutrição: O Que São E Porque Devemos Saber ⬅
Nome do Artigo
Estudos Científicos De Nutrição: O Que São E Porque Devemos Saber ⬅
Descrição
Existem vários estudos científicos de nutrição, mas você sabe qual a importância de saber sobre este assunto? Não né! Rsrs. Então, leia este artigo com...
Autor
Organização
Logo