Gordura Saturada: Afinal, Este Tipo De Gordura Nos Faz Bem Ou Mal?

Tempo de leitura: 8 minutos

Desde sempre você deve ter ouvido que a gordura saturada faz mal a nossa saúde, não é mesmo?

Mas isso não é uma verdade absoluta.

Novas pesquisam vêm demonstrando que pode não ser bem assim.

Elas mostram que a gordura saturada (de alimentos naturais), por exemplo, não está ligada a problemas cardiovasculares.

A gordura saturada entrou no rol das vilãs da alimentação quando um estudo feito na década de 50 pelo cientista Acel Keys, afirmava que ela elevava o colesterol total, que é aquele que obstrui as artérias e causa ataques cardíacos.

Neste estudo “achava-se” que a gordura que consumimos virava gordura em nosso sangue e isso acabava causando problemas cardiovasculares.

Já nos anos 80 estava claro que o colesterol total não era causador de doenças cardíacas.

Então foi dito que a gordura saturada elevava o mau colesterol (LDL).

Na realidade ela pode até aumentar o LDL, mas também aumenta o HDL que é o colesterol bom.

Tenha em mente que esta gordura saturada deve vir de alimentos naturais como:

  • Gordura animal;
  • Manteiga;
  • Laticínios;
  • Coco e óleo de coco.

Agora as gorduras saturadas de alimentos modificados, industrializados e processados como as de Fast Food são péssimas para a nossa saúde.

Acredito que isso você já sabe.

Nova Visão Sobre Gordura Saturada:

Gordura Insaturadas São Mais Saudáveis Do Que As Gorduras Saturadas
Nova Visão Sobre Gordura Saturada

Desde 1961 há diretrizes sobre o consumo moderado de gordura saturada, inclusive no Brasil.

A recomendação é que sua dieta seja composta de 6% a 10% das gorduras totais.

Mas as saturadas não podem ultrapassar 7%.

Novos pesquisadores defendem que a ingestão de gordura poderia chegar a 80%!

Eles afirmam que a gordura boa deve predominar na alimentação, o percentual varia muito.

Mas a maioria dos defensores entende que 50% é o ideal.

Populações como do Pacífico retiram 60% de suas calorias da gordura e estas têm poucos problemas cardiovasculares.

A defesa é justificada pela o fato da gordura saturada participa de processos como a formação de hormônios sexuais e da membrana celular.

Além da absorção do cálcio e fortalecimento da imunidade.

É fato também que ainda não há pesquisas comprovando que uma dieta composta em sua maioria por gordura saturada é um sucesso.

Agora esta claro que o consumo moderado de gorduras saturadas de alimentos naturais não nos faz mal.

Defesa Das Gorduras Saturadas:

Defesa Das Gorduras Saturadas e Gordura Saturada Faz Mal
Defesa Das Gorduras Saturadas

Relatório recente da National Obesity Fórum e também da Public Health Colaboration, ambos do Reino Unido.

Afirmaram em um artigo que: promover alimentos de baixa gordura é talvez o maior erro da história da medicina moderna.

Pois resultam em problemas para a saúde pública.

Em outro artigo, dessa vez do The Guardian, afirma que: recomendações oficiais de dietas de baixa gordura e baixo colesterol estão erradas.

Os relatórios pedem a volta da alimentação com alimentos “verdadeiros”, tais como: carnes, peixes, laticínios e alimentos ricos em gorduras, como abacate.

O relatório ainda afirma que a gordura saturada não causa doença cardíaca.

Enquanto os laticínios integrais, incluindo os iogurtes naturais integrais, leites orgânicos e queijos podem proteger o nosso coração.

Os alimentos processados que são de baixa gordura: “light” e de “baixo colesterol”, devem ser evitados.

Por exemplo, pessoas portadoras do diabetes tipo 2 devem ter uma dieta rica em gorduras saudáveis ao invés de carboidratos.

O que deve ser evitado a todo custo é o açúcar e carboidratos refinados.

O relatório chega a afirmar que uma dieta com baixos índices de carboidratos refinados e altas doses de gorduras saudáveis, é efetiva para segurar e prevenir o ganho de peso.

Além de ajudar no emagrecimento e prevenir as doenças cardíacas.

O professor Iain Broom, da Universidade Robert Gordon da Escócia, afirma:

“A recomendação contínua de uma alimentação rica em carboidratos, com baixo teor de gordura e calorias como sendo uma alimentação saudável, está fatalmente errada.”

Claro que ainda há muitas pessoas contra essas ideias e a favor das diretrizes atuais de saúde pública, mas esse pensamento está mudando.

Gordura e Saciedade:

Gordura Saturada Alimentos e Saciedade
Gordura e Saciedade

A gordura induz à saciedade e à sensação de estômago cheio.

Está gostando do artigo? Que tal baixar gratuitamente o Ebook "20 Receitas Fitness Para Ganhar Massa e Derreter Gorduras!" Então Clique Aqui.

Quando são comparados as gorduras e os carboidratos, as gorduras têm menor impacto na glicemia e insulina no nosso corpo.

As gorduras saturadas não causam doenças cardíacas e os laticínios integrais são provavelmente protetores.

Foi um erro condenar a gordura saturada, isto vem sendo corrigido desde 2014, com a revisão de 76 estudos com mais de 600 mil participantes de 18 países.

As dietas ricas em queijos e carnes como fontes primárias de gordura saturada elevam os níveis de HDL (colesterol bom).

Portanto, são melhores do que dietas de baixo índice de gordura.

Parte da defesa com relação às gorduras saturadas vem que os alimentos naturais e nutritivos disponíveis nos fazem bem.

Alimentos naturais como as carnes, peixes, ovos, nozes, sementes, azeite de oliva, abacates e todos os demais que contêm gorduras saturadas, têm sido consumidos à vontade pela humanidade desde os tempos paleolíticos.

Armazenagem De Gordura:

Gordura Saturada Engorda e Armazenagem De Gordura
Armazenagem De Gordura

As calorias podem ser usadas para diferentes coisas no nosso organismo.

Por essa afirmação não é certo afirmar que se eu comer mais gordura vou armazenar mais gordura.

Há aquelas pessoas que são naturalmente magras.

Isso acontece porque o corpo dessas pessoas particiona, ou seja, ele divide a gordura para outras coisas que não o armazenamento.

Isso é mais visível no mundo animal onde as espécies se adaptaram geneticamente para um ou outro objetivo.

Com isso podemos concluir que não se trata de comer pouco, mas sim de particionar.

Não se pode focar apenas na questão das calorias.

Pois se for assim, 1 grama de gordura tem 9 calorias e 1 de carboidrato tem 4 calorias.

Não é só dos carboidratos que nosso corpo tira energia, as gorduras também são fonte de energia.

Então seria correto cortar toda a gordura em benefício dos carboidratos?

O que importa é a qualidade dos alimentos que comemos e não a quantidade!

Comer Menos Vezes Ao Dia:

Comer Menos Vezes Ao Dia Gorduras Saturadas
Comer Menos Vezes Ao Dia

Quando éramos pequenos nossas avós sempre diziam: não coma agora para não perder a fome para o almoço ou jantar, não é mesmo?

Atualmente as pessoas se alimentam no café da manhã, lanche, almoço, lanche, jantar e lanche.

Podemos afirmar que comer 6 vezes ao dia não resulta em perda de peso!

Você já deve ter ouvido tantas vezes que precisa fazer 6 refeições por dia que fica difícil acreditar no contrário.

Pensando racionalmente, como falar para uma pessoa que quer perder peso que ela tem de se alimentar mais vezes ao dia?

Os lanches em geral tendem a ser calóricos, pois são feitos em momentos em que estamos ocupados.

Por isso acabamos buscando alimentos prontos como biscoitos, sanduíches, barrinhas de cereal, bolachas, etc.

Claro que existem lanches saudáveis, mas existe uma solução muito melhor.

Não faça lanches! rsrsrs

Minha alimentação é baixa em carboidratos e rica em gorduras.

Já me alimento assim há uns dois anos porque faço Low Carb, faço 3 refeições diárias e me sinto muito bem.

Minha saúde é de ferro e meus exames estão todos normais.

Resumindo o Que Você Precisa Saber Sobre Gordura Saturada: 

1. Nova Visão Sobre Gordura Saturada;

2. Defesa Das Gorduras Saturadas;

3. Gordura e Saciedade;

4. Armazenagem De Gordura;

5. Comer Menos Vezes Ao Dia.

Referências:

O Mito Das Gorduras SATURADAS!

Gorduras Saturadas Absolvidas (de novo) e Mais Sobre Sal/Sódio

A AHA e Gorduras Saturadas (incompetência perigosa)

Óleo De Coco, Gorduras Saturadas, Colesterol e Estatinas

Conclusão:

Conclusão Gordura Saturada é Boa Afinal Este Tipo De Gordura Nos Faz Bem Ou Mal
Conclusão Gordura Saturada: Este Tipo De Gordura Nos Faz Bem Ou Mal?

Como você acabou de conferir estudos vêm derrubando as crenças que a alimentação com base em gordura natural dos alimentos faz mal a nossa saúde.

Principalmente com relação a doenças cardiovasculares.

E também já existem estudos que demonstram que gordura saturada é boa e nos faz bem.

Além disso, fica claro que o alto consumo de gorduras e baixo consumo de carboidratos leva ao emagrecimento e que não devemos comer 6 vezes ao dia.

A preocupação deve ser sempre com a qualidade dos alimentos nas refeições principais aos dias.

Dando preferência às proteínas, gorduras saudáveis e carboidratos naturais.

Mas tenha bom senso né!

Você não precisa se entupir de manteiga e óleo de coco só porque estas gorduras saturadas nos fazem bem.

Utilize manteiga e óleo de coco para cozinhar seus legumes e consuma alimentos que possuem gorduras saturadas naturalmente sem medo.

Se ainda tiver dúvidas sobre gordura saturada deixe seu comentário logo abaixo que esclareço para você.

Para conferir mais informações sobre alimentação saudável e dietas Clique Aqui.

Para me seguir nas Redes Sociais e só ir ao Facebook AQUI, Instagram AQUI e YouTube AQUI.

Resumo
Gordura Saturada: Afinal, Este Tipo De Gordura Nos Faz Bem Ou Mal?
Nome do Artigo
Gordura Saturada: Afinal, Este Tipo De Gordura Nos Faz Bem Ou Mal?
Descrição
Se você acompanha o mundo da alimentação saudável já deve ter ouvido falar que gordura saturada nos faz mal. Mas será que isso é verdade? Descubra agora!
Autor
Organização
Logo
Avalie Este Artigo
[Total: 12 Média: 4.4]