Pão Low Carb Fácil Com Psyllium E Farinha De Coco, Rápido E Delicioso!

Tempo de leitura: 11 minutos

Pão, quem não ama? Se esta de dieta melhor um pão low carb fácil, concorda?

Sabemos que pães como, por exemplo, o francês e os integrais.

Não são permitidos em nossa dieta low carb.

Além disso, os pães tradicionais não auxiliam em nada no emagrecimento.

Pois são ricos em farinha de trigo, açúcar, glúten e outras porcarias.

Ingredientes péssimos para nossa saúde e que não ajudam em nada no emagrecimento.

Porém não fique triste, tenho uma ótima opção de pão low carb fácil pra você.

Esta receita de pão low carb vai te deixar apaixonada.

Este pão low carb de castanhas fica muito parecido com um pão integral convencional.

Bem fofinho e com uma casquinha deliciosa.

No entanto é feito somente com ingredientes saudáveis e leva poucos carboidratos (Wikipédia).

Logo após conferir como fazer esta receita de pão low carb fácil.

Você pode conferir as informações e os benefícios dos ingredientes utilizados.

Então vamos lá, aprender a fazer esta delícia de pão low carb?

Receita De Pão Low Carb Fácil E Pão Low Carb Com Farinha De Linhaça
Receita De Pão Low Carb Fácil

Benefícios E Informações Deste Pão Low Carb Fácil:

Benefícios E Informações Do Ovo

Pão Low Carb Com Farinha De Linhaça E Ovos
Benefícios E Informações Do Ovo

Em primeiro lugar encontramos nos ovos ácidos graxos ômega 3, vitamina B12, vitamina D e colina.

Nutrientes que são ótimos para a nossa saúde.

Além disso, estes nutrientes são excelentes para a saúde do nosso cérebro.

A colina é um nutriente importante que desempenha um papel essencial em várias vias metabólicas porque atua como um neurotransmissor.

Portanto auxilia a melhorar a nossa memória e poder cognitivo.

Consumir ovos diariamente pode auxiliar a proporcionar um bom impacto na saúde do nosso cérebro.

Pois seus nutrientes são benéficos para a saúde geral do nosso cérebro.

A nossa saúde óssea pode ser ameaça de acordo com o avanço da nossa idade.

Um exemplo de um problema ósseo é a osteoporose.

Doença que pode reduzir a força óssea.

Para prevenir esta doença devemos consumir alimentos altamente nutritivos, como o ovo.

Além disso, exercícios de força como, por exemplo, musculação.

São ótimos na prevenção desta doença.

Consumir ovos também pode auxiliar no tratamento da anemia.

Que é uma doença causada pela diminuição dos compostos em células vermelhas do sangue, chamado hemoglobina.

A hemoglobina tem a função principal de ligar o oxigênio aos glóbulos vermelhos.

Isso para atender às necessidades de outros órgãos do nosso organismo.

A anemia faz com que a pessoa doente pareça pálida, cansada e, na maioria das vezes, com dores de cabeça.

Outro benefício do consumo de ovos é que seus nutrientes podem criar e reparar as células existentes no nosso corpo.

A colina, que já falei, também serve para reparar as células danificadas do nosso organismo.

As riquezas de minerais dos ovos são consideráveis.

Atletas chegam a comer até 10 ovos por dia, claro que isso depende de qual nível de exercícios eles são submetidos.

Pois atletas de alto nível necessitam de muita massa muscular para realizar seus esportes.

E ovos são muito ricos em albumina, substância que ajuda no ganho de massa magra e de hipertrofia muscular.

Além de ajudar no aumento da massa muscular.

Os nutrientes dos ovos auxiliam a melhorar os níveis de testosterona.

Hormônio importante e necessário para fortalecer e desenvolver os nossos músculos.

Isso acontece porque ovos são ricos em zinco.

As proteínas de alta qualidade dos ovos juntamente com suas gorduras saudáveis auxiliam na nossa saciedade.

O que ajuda bastante a controlar a nossa fome.

E se você joga a gemas dos ovos fora para evitar o consumo de gorduras.

Saiba que nas gemas estão 40% das proteínas, antioxidantes e a maioria das vitaminas e minerais do alimento.

Então consuma os ovos inteiros e não desperdice as gemas.

Benefícios E Informações Da Farinha De Coco

Pão Low Carb De Frigideira Simples Com Farinha De Coco
Benefícios E Informações Da Farinha De Coco

As gorduras que encontramos no coco possuem muitas propriedades medicinais.

A razão pela qual o coco e seus derivados como, por exemplo, o óleo de coco.

Tem sido tão criticados por pessoas preocupadas com a saúde é que quase todos os seus ácidos graxos são gordura saturada.

Estas gorduras sempre foram ligadas a níveis elevados de colesterol e problemas cardíacos.

Mas felizmente este mito tem sido amplamente desbancado.

Que gordura saturada de alimentos naturais entopem as nossas artérias e levam a doenças cardíacas.

Como acompanha meu site já deve saber que as gorduras saturadas de alimentos naturais, como a do coco, nos fazem bem.

As gorduras que encontramos no coco vão direto para o nosso fígado a partir do trato digestivo.

E no fígado são utilizadas como fonte de energia rápida ou transformadas em compostos chamados corpos cetônicos.

Que podem ter um efeito terapêutico até em distúrbios cerebrais, como a epilepsia ou Alzheimer.

As dietas à base de coco estão entre as mais saudáveis de todo o mundo.

Enquanto o coco ainda é considerado uma espécie de alimento exótico em alguns países.

Há diversas culturas onde o coco é um alimento natural básico em suas dietas.

Um exemplo disso são os Tokelauanos, uma pequena população encontrada no Pacífico Sul.

Que consome uma dieta que é de 60% à base de coco e praticam uma culinária com uma das maiores concentrações de gordura saturada no mundo.

Mas mesmo assim sua população esta em excelente saúde e não demonstram nenhuma evidência de problemas cardíacos.

Consumir coco e seus derivados como, por exemplo, óleo de coco, leite de coco e farinha de coco.

Pode ajudar a aumentar a energia e a queima de gordura no nosso organismo.

Muitas pessoas que visam o emagrecimento irão descobrir que o coco pode realmente ajudá-las neste objetivo.

Os triglicerídeos de cadeia média (TCM) encontrados no coco podem auxiliar a aumentar o gasto de energia.

Às vezes por até 5%, ou o equivalente a 120 calorias diárias.

Este gasto de energia extra pode ser uma poderosa ajuda no emagrecimento.

Além disso, os nutrientes do coco têm propriedades antimicrobianas também.

Uma substância chamada ácido láurico constitui cerca de metade dos ácidos graxos que encontramos no coco.

Quando digeridos estes ácidos graxos eles formam um monoglicerídeo chamado monolaurina.

Estas duas substâncias auxiliam a acabar com agentes patogênicos prejudiciais no nosso organismo.

Incluindo bactérias, vírus e fungos.

Os nutrientes do coco são um supressor natural do nosso apetite.

Outra razão que os nutrientes do coco podem levar a uma dieta saudável é que eles naturalmente suprimem o nosso apetite.

Podendo assim levar à redução geral do total de calorias que consumimos.

Um estudo mostrou que quando diferentes quantidades do coco, rico em TCM, foram consumidas por homens.

Os que consumiram mais comeram em média 256 calorias a menos por dia.

Acredita-se que isso aconteceu por causa dos corpos cetônicos formados quando as gorduras do coco foram digeridas.

Corpos cetônicos têm sido indicados que auxiliam a reduzir a fome naturalmente.

Os benefícios do coco, leite de coco, farinha de coco e óleo de coco são grandes para nossa saúde.

Porém são calóricos.

Então, tenha bom senso e consuma com moderação né!

Coco é saudável sim!

Mas você não precisa beber um copo de óleo de coco todos os dias.

Utilize o leite de coco e óleo de coco para cozinhar ou em suas receitas de sobremesas.

Já o coco coma em suas saladas e sobremesas saudáveis, por exemplo.

E utilize a farinha de coco para fazer este pão low carb fácil e outras receitas de pães low carb

Benefícios E Informações Do Psyllium

Pão Low Carb Farinha De Amêndoas E Psyllium
Benefícios E Informações Do Psyllium

O Psyllium é uma espécie de laxante suave.

Porque ele junta os alimentos parcialmente digeridos.

Indo para o intestino onde absorve a água em excesso.

Amolecendo assim as fezes enquanto estimula a ação normal.

Quando o intestino funciona bem o nosso corpo mantém as células e tecidos saudáveis.

Além disso, pode também auxiliar no combate as infecções e redução das inflamações.

Seus nutrientes podem auxiliar na constipação.

Além de ajudar na prevenção de hemorroidas e fissuras anais.

Isso pela sua capacidade de absorver água e amolecer as fezes.

Psyllium também pode auxiliar a alivia diarreia, pois tem efeito laxativo.

A sua fibra solúvel permite que ele passe pelo nosso sistema digestivo sem ser decomposto.

Quando ele absorve os líquidos torna-se viscoso e aumenta o volume e espessura das fezes.

Retardando assim a passagem pelo cólon e diminuindo a diarreia.

O Psyllium também pode auxiliar no tratamento de doenças inflamatórias intestinais.

Pois quando ele é consumido da forma e na quantidade correta costuma aliviar os sintomas de diarreia ou de constipação.

Proporcionando assim uma melhora do quadro provocado pela inflamação.

É importante ressaltar que para os casos de doenças crônicas.

Seguir a recomendação médica e de uma nutricionista em relação à dosagem e a frequência é muito importante.

Além disso, ele ainda pode auxiliar na manutenção do peso e no emagrecimento.

Ao consumi-lo ele expande no nosso estômago.

Trazendo assim uma sensação maior de saciedade.

Consequentemente ajudando a diminuir os excessos.

A sensação de saciedade ajuda na redução da quantidade ingerida de alimento durante as refeições.

Ele também pode auxiliar a controlar os níveis de açúcar no nosso sangue.

Os níveis de açúcar no sangue exigem muita atenção, principalmente para pessoas que possuem diabetes.

Incluir fibras na dieta pode auxiliar a manter um equilíbrio glicêmico apropriado principalmente após as refeições.

Isso porque elas ajudam a reduzir a velocidade com que carboidratos são absorvidos pelo nosso organismo.

Mas não adianta nada consumir Psyllium e ficar se entupindo de açúcar e carboidratos.

Se você se preocupa com o açúcar no sangue ou tem diabetes o principal é consumir menos carboidratos e nada de açúcar.

Lembrando que nenhum alimento “sozinho” vai te ajudar a emagrecer e levar uma vida mais saudável.

Portanto lembre-se sempre de sua alimentação como um “todo” e se alimente mais com alimentos saudáveis e naturais.

Referência da receita: Guia Low Carb

Finalizando

Finalizando Pão Low Carb Fácil Com Psyllium E Farinha De Coco Rápido E Delicioso E Pão Low Carb De Microondas
Finalizando Pão Low Carb Fácil Com Psyllium E Farinha De Coco, Rápido E Delicioso!

Então, esta receita de pão low carb fácil é muito simples de fazer.

Além disso, este pão low carb fica muito bom e vai matar a sua vontade de comer pães.

Você pode também fazer este pão low carb com farinha de amêndoas.

Eu particularmente prefiro utilizar farinha de coco ou de sementes de linhaça.

Porque sai bem mais barato rsrsrs.

Em relação às texturas dos pães low carb que já fiz, de acordo com as farinhas de oleaginosas, percebi isso…

A farinha de coco dá a textura de bolo para o pão low carb.

Já a farinha de sementes de linhaça dá a textura de pão integral.

E a farinha de amêndoas prefiro utilizar em receitas de sobremesas low carb.

Lembrando que pão low carb com farinha de aveia ou farelo de aveia não tem nada de low carb rsrsrs.

Porque aveia e farelo de aveia são puro carboidrato.

Leia este artigo para saber mais sobre aveia e dieta low carb:

“Aveia É Low Carb? Será? Confira Também Opções De Farinhas Low Carb”.

Tem alguma receita de pão low carb fácil?

Faz assim compartilhe sua receita de pão low carb comigo nos comentários aqui em baixo.

Conheça mais receitas low carb e saudáveis para emagrecer AQUI.

Para me seguir nas Redes Sociais é só ir no Twitter AQUI, Google+ AQUI e Pinterest AQUI.

Avalie Este Artigo
[Total: 5 Média: 5]
De Uma Nota Para Esta Receita Saudável
recipe image
Nome da Receita
Pão Low Carb Fácil Com Psyllium E Farinha De Coco, Rápido E Delicioso!
Autor
Tempo de Preparação
Tempo de Cozimento
Tempo Total
Classificação média
51star1star1star1star1star Based on 2 Review(s)