Receitas Saudaveis – Penne com Ratatouille

Tempo de leitura: 7 minutos

A maioria de nós está em busca de uma alimentação saudável e rica em nutrientes, ou seja, equilibrada. Receitas saudaveis e que sejam rápidas é a solução.

Atualmente não temos tempo para cozinhar durante 1 hora. Então minha proposta de hoje sobre receitas saudaveis é uma receita balanceada, saborosa e rápida de fazer.

Hoje apresento um prato tradicional, o macarrão, mas incrementado com algo parecido a famosa receita francesa.

Essa receita trará a energia dos carboidratos contidos no macarrão e os nutrientes naturais do Ratatouille (Wikipedia).

Após a receita você encontrará os benefícios de todos os alimentos usados nela, dessa forma entendo que você poderá fazer uma comida deliciosa e ainda ficar bem informado sobre o que come.

Penne com Ratatouille - Receita saudavel e muito gostosa

 

Receitas Saudaveis – Penne com Ratatouille – Informação sobre os ingredientes:

 

Tipos de macarrão:

 

Integral

Nessa versão do alimento o trigo é moído com a casca, por esse motivo ele preserva mais propriedades nutricionais do que o macarrão convencional, conservando as fibras provenientes da casca do grão e os seus micronutrientes, como o ferro, magnésio, selênio, cobre, manganês e vitaminas do complexo B.

As fibras promovem maior sensação de saciedade, além de atuarem no bom funcionamento do intestino. Elas também controlam a velocidade da digestão e da absorção dos nutrientes.

 

Enriquecido

No mercado já podemos encontrar massas que são enriquecidas com legumes como: beterraba, espinafre e cenoura. Elas além de colorirem naturalmente o alimento, agregam diversos nutrientes ao prato.

O enriquecimento com minerais também vem sendo empregado, inclusive em massas pré-cozidas voltadas para o público infantil. Elas são opções saudáveis, mas que fique claro que não excluem a necessidade do consumo de vegetais ou legumes.

 

Sem Glúten

Os sem glúten que estão na moda atualmente são indicados às pessoas com sensibilidade ao glúten ou portadoras da doença celíaca (intolerância ao glúten). Para esse público, já existem outras opções como o macarrão de Milho, Quinoa ou Bifum (macarrão de arroz).

 

De Quinoa

A Quinoa triplica as qualidades do macarrão integral, pois além de possuir grandes quantidades de Triptofano, que favorece a liberação de serotonina no organismo, funcionando como um antidepressivo natural, a massa de Quinoa é uma precursora da serotonina, que está diretamente ligada às sensações de calma e bem-estar.

 

Está gostando do artigo? Que tal baixar gratuitamente o Ebook "20 Receitas Fitness Para Ganhar Massa e Derreter Gorduras!" Então Clique Aqui.

Bifum (macarrão oriental feito de arroz)

O Bifum é um tipo de macarrão bem fininho feito de arroz, e é uma massa de sabor neutro, que recebe bem os temperos e combinada com legumes grelhados, carnes, frutos do mar e no preparo de saladas ou de pratos vegetarianos.

Uma das vantagens do Bifum é que, além de ser extremamente pratica, ela é uma massa bem mais leve do que o macarrão convencional.

 

Macarrão de milho

Substitui bem o macarrão comum para quem tem sensibilidade ao glúten ou doença celíaca, sendo para essas pessoas uma excelente opção.

Dentre seus benefícios nutricionais como a grande quantidade de fibras, responsáveis pela saciedade, a que mais se destaca é a sua fonte de vitamina B1, conhecida como a vitamina da memória.

Penne com Ratatouille

Berinjela

A Berinjela contém vários fitonutrientes como a atividade de antioxidante tipo: ácido clorogênico e cafeico a flavonóides, nasunin.

Nasunin é um poderoso antioxidante que tem sido aprovado para combater a atividade dos radicais livres no corpo.

Os estudos em animais descobriram que nasunin protegem os lipídios (gorduras) nas membranas das células cerebrais. O ácido clorogênico também é considerado um potente antioxidante com muitos benefícios comprovados.

 

Alho

O alho tem uma variedade de compostos e um dos principais é o enxofre que é a razão para o seu odor característico e intenso.

Já a alicina é conhecida por ter excelentes propriedades antibacterianas, antivirais, antifúngicos e antioxidante.

Os benefícios da alicina pode também ser mais bem aproveitado quando o alho esta picado ou amassado, deixando descansar por algum tempo antes de usar. O alho também é uma fonte confiável de selênio.

O alho tem ótimos efeitos sobre nosso sistema circulatório, digestivo e imunológico, além de ajudar na redução da pressão sanguínea, e na desintoxicação.

 

Cebola

A cebola é um alimento funcional, ou seja, possui nutrientes e substâncias capazes de prevenir e minimizar os sintomas de uma série de doenças, como diabetes, hipertensão e problemas cardíacos.

A cebola também é rica em nutrientes como ferro, potássio e fibras. E ainda possui ação antialérgica e anti-inflamatória, além de promover outros benefícios, inclusive para pele e o cabelo.

 

Pimentão vermelho

É fonte de betacaroteno e vitamina C, a variante vermelha do pimentão ganha o reforço da beta-criptoxantina, um precursor da vitamina A, e é muito bom para o coração.

Estudos mostram que altos índices de beta-criptoxantina foram associados à redução do risco do estreitamento das artérias que levam sangue ao coração.

 

Tomate

O tomate é rico em licopeno, que é um carotenóide que dá a coloração vermelha e é uma substância antioxidante, ótima no combate dos radicais livres, além retardar o envelhecimento precoce no organismo, protegendo o sistema cardiovascular e contra alguns tipos de câncer.

Ele também é rico em vitaminas C, vitamina A e B9, sais minerais como cálcio, fósforo, magnésio e potássio. Esses nutrientes listados melhoram o desenvolvimento de dentes, ossos e músculos e também ajudam a proteger o sistema imunológico.

receitas saudaveis com tomate

Salsinha

A salsa é uma planta aromática cujas propriedades podem nos trazer muitos benefícios, entre eles, o de purificar os órgãos vitais, tratar e controlar a hipertensão, além de ser um poderoso antioxidante.

 

Tomilho

O tomilho é uma das plantas mais comuns na cozinha, pois é fácil de adquirir no mercado e em muitas partes do mundo, ou pode ser cultivado em uma horta.

O tomilho pode ser usado como condimento para dar sabor na comida, especialmente a sopas e as carnes. Ele também é usado como planta medicinal.

 

Manjericão

Ele é rico em flavonoides, tanecos e óleos essenciais, o manjericão é famoso por suas propriedades antissépticas, desintoxicantes, calmantes e expectorantes.

Compostos por fenólicos, ele tem um elevado potencial antioxidante, que atuam no combate e na propagação dos radicais livres.

Sendo então bom para a prevenção do envelhecimento precoce, doenças degenerativas, câncer, doenças cardiovasculares e neurodegenerativas (Parkinson e o Alzheimer).

Segundo alguns estudos realizados, o manjericão também possui ação antibacteriana, anti-inflamatória, antidiarreico, antiulceroso e estimulante do sistema nervoso, além de ter potencial quimioprotetivo e reduzir os índices glicêmicos.

 

Pimenta do reino

A pimenta possuí os princípios ativos capsaicina e piperina, além de ser rica em vitaminas A, E e C, ácido fólico, zinco e potássio. Ela tem propriedades antioxidantes e protetores do DNA celular.

Também possui bioflavonóides, pigmentos vegetais que previnem o câncer.

Fontes:

Guia da semana;

Lucila Diniz;

Saúde e dica;

Bolsa de Mulher;

Melhor com saúde.

Gostou desta receita super saudável e destas dicas? Deixe um comentário logo abaixo. Veja mais receitas saudaveis AQUI.

Para me seguir nas Redes Sociais e só ir no Facebook AQUI, Instagram AQUI e YouTube AQUI.

Avalie Este Artigo
[Total: 0 Média: 0]